terça-feira, 1 de março de 2011

Reunião Interessante


O som dos meus saltos no soalho ecoavam no corredor, passos firmes e sem qualquer hesitação, mas toda eu tremia de excitação e ansiedade. A tua chamada no inicio da manha a marcar o encontro na tua sala de reuniões tinha me deixado em estado de luxúria pura. A mensagem que recebi após a chamada foi clara como agua: “ Blusa Branca, Saia travada preta, meia liga, ligueiro, salto alto, e não esqueças do bloco de apontamentos e os óculos. SEM CUECA.” A porta da sala estava entreaberta, estavas de costas, telemóvel na orelha com algum cliente, entrei e tranquei a porta. Despi o casaco e espiei-te, a tua calça preta faziam me agua na boca, necessidade de apertar esse rabo entre as minhas pernas, a vontade de despi-las e ver te sem elas era enorme. Aproximei-me, toquei-te no ombro e virei-te para mim, olhaste-me de cima a baixo e sorriste. A tua palma quente roçou no meu rosto e pedis-te me um minuto. Não esperei, agarrei o teu cinto e desapertei to, as calças caíram no chão, ajoelhei me a tua frente e tirei o teu caralho duro de dentro dos boxers. Tinha saudades o teu sabor, saudades da suavidade desse caralho duro e quente na minha boca. Sem demoras suguei a cabecinha, o teu sabor na minha língua deixava-me doida, o teu agarre no meu cabelo fez me gemer alto, olhavas para mim com surpresa, levantas-te me e viraste me de costas para ti. Dobras-te me na mesa de reuniões, os meu mamilos doridos apertados na base fria, ofeguei, sentido as tuas mãos a levantar-me a saia e a abrir me as nádegas, separando me as pernas, a tua respiração perto da minha pele, sentia o clítoris latejar de necessidade, a tua língua quente começou a torturar o meu cu, a saliva quente escorria pelas minhas dobras, as tuas mãos firmes não me deixavam mexer, a entrada da tua língua na minha cona fez-me conter a respiração, o teu dedo sondava a entrada do meu cu, contorcia-me na agonia do prazer. Estremeci com os teus dentes no meu clítoris e gemi quando penetras-te com 2 dedos. O orgasmo estava tão perto, só mais um bocadinho…. Choraminguei quando paraste, adoras deixar-me doida, levantas-te me e beijas-te me, o meu sabor na tua boca só me fazia ficar mais tonta de desejo. Abriste-me e blusa e fizeste com que todos os botões saltassem, as tuas mãos procuraram os meus mamilos tesos, e beliscavas, fazendo me ofegar na tua boca. Sentaste-me em cima da mesa, e penetraste-me sem demoras, ahhhhh… como me preenches, “ Adoro o teu caralho dentro de mim”, fodias-me sem calma… estocada a estocada, os nossos gemidos ecoavam na sala, as tuas mãos seguravam as minha mamas e trincavas os meus mamilos, senti-me perder no calor, fiquei sem conseguir respirar, explodi em berros, e gemidos, saíste de dentro de mim, e senti o teu leite em cima da minha cona, quente e melado, brinquei com o meu clítoris para conseguir agarrar tudo que podia, levei a boca e lambi o que podia…
Beijas-te e sorriste para mim… “ Espero que tenhas gostado da nossa primeira reunião”.

3 comentários:

  1. quetesão de texto... reuniões assim, uiiiii ;)

    bj doce

    ResponderEliminar
  2. à espera da segunda reunião lolol
    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Serge... reuniões fantasticas... aiiii:D

    kiss

    Doisabores, vai passando por ca, poderas encontrar muito mais que segundas reuniões..

    kiss kiss

    ResponderEliminar